O que você procura?

Alojamentos abandonados da Escola Bosque passam por reforma

A Fundação Escola Bosque (Funbosque) iniciou nesta segunda-feira, 1º de março, a reforma dos alojamentos. Os espaços foram encontrados em completo abandono pela nova gestão, que assumiu a Instituição em primeiro de janeiro. Os pisos estão quebrados, e a madeira oferece risco de queda. As partes elétrica e hidráulica também estão em situação caótica.

A reforma ocorre sob a coordenação do engenheiro civil da Funbosque, Rodolfo Piccini, que explicou como o trabalho vai ser desenvolvido. “Vamos reformular todos os alojamentos, com mudança de todo telhado, troca de madeiramento, revisão e manutenção da parte elétrica, substituição de fiação, vistoria da parte hidráulica, troca de maçanetas, pias, revitalização e troca do piso, recuperação das grades, pintura geral. A execução vai buscar preservar a estrutura original dos espaços”, detalha o engenheiro.

Os trabalhadores relataram que, além das instalações em péssimo estado, também encontraram ratos e mucuras dentro dos armários.

Prazo – De acordo com Rodolfo Piccini, o trabalho de reforma dos alojamentos tem previsão de ocorrer por um período de cinco meses. Por isso, a espectativa é de que em agosto deste ano os alojamentos estejam prontos para uso.

Texto:
Rita Ribeiro