O que você procura?

Emoção marca a reapresentação dos professores da Escola Bosque

“Foi um tempo muito difícil, assédio moral, humilhações. Isso tudo acabou. Queremos ouvir vocês, conduzir as ações com respeito, tendo como princípio a gestão democrática. Vamos transformar essa instituição verdadeiramente, essencialmente naquilo que deveria ser desde início, um local de humanização”. Assim o novo presidente da Funbosque, Alickson Lopes, se pronunciou na abertura da Jornada Pedagógica da instituição, que começou com a representação dos professores e professoras, nesta segunda-feira,11.

Alickson Lopes destacou que a Escola Bosque vive um novo momento na gestão do prefeito Edmilson, tendo à frente da instituição, pela primeira vez na sua história, um professor de carreira.
Para os professores e professoras foi um dia cheio de emoção, em que eles puderam falar um pouco das suas vivências na Escola Bosque, relatando histórias de um tempo de humilhações e assédio moral.

“Podemos dizer que este momento foi construído por muitas mãos, por muitas vozes, angústias acumuladas. O sentimento é de esperança, começa um novo tempo, onde as pessoas importam”, declarou emocionada a professora Elisângela Moraes.

O presidente da Funbosque ressaltou que um grandioso trabalho está iniciando para dar sentido aos propósitos da instituição. “A Escola Bosque estava indo para caminhos confusos, a coisa a mais estranha é esta instituição não possuir uma gestão ambiental. É absurdo, isso precisa mudar”, afirmou.

Os presentes receberam uma mensagem de boas vindas do prefeito Edmilson Rodrigues. Durante o mês de janeiro os professores da Escola Bosque estarão desenvolvendo suas atividades em trabalho remoto.

Texto:
Rita Ribeiro