Cine Pesca

Cine Pesca

Este projeto propõe a implantação de um cineclube buscando abordar o cinema e suas questões poéticas na construção de narrativas e discursos, para tal tendo como participantes os alunos da Casa Escola da Pesca e a comunidade local. O projeto pretende, por meio da linguagem cinematográfica, iniciar alunos e comunidade na leitura do audiovisual e na percepção crítica do cinema e seu uso na sociedade como instrumento de propagação ou resistência a discursos e poderes instituídos ou resistentes. Além de oferecer acesso a cinematografia mundial e nacional, criando opções para a visualidade saturada e monopolizada oferecida pela televisão aberta brasileira e pelo colonialismo cultural de certa vertente comercial do cinema contemporâneo que predominam no consumo de massa do cinema, incentivando assim os cineclubistas a também se perceberem como sujeitos produtores de narrativas para criação em audiovisual. 

O cineclubismo é um movimento que surge nos primórdios do cinema, cineclube é por definição: uma associação de pessoas e/ou instituições sem fins lucrativos no qual se incentiva seus membros a ver discutir e refletir cinema, seja nos seus aspectos estéticos, técnicos ou históricos. O cineclube se estrutura a partir da relação estabelecida com seu público, pela proposta ética-estética-política assumida com a comunidade em que se insere. Tem estrutura democrática, não tem fins lucrativos. Tem em comum com as salas comerciais o fato de exibirem filmes. O cineclubismo mobiliza, numa transversalidade expandida, as instâncias do social, da arte e da política, promovendo formas de participação singulares. Como mediador de relações, espaço de sociabilidade, potencializador de discussões e troca de ideias em torno do universo da arte, “mais que formar plateia, o movimento cineclubista objetiva colaborar na organização da sociedade civil, de forma que o papel de cidadão possa ser desempenhado com maior consistência” (ALVES, 2010).

Englobando escola e comunidade o Cine Peca também se configura como um meio pelo qual integrar escola, alunos e comunidade, que apesar da proximidade física, nem sempre tem o diálogo e a interação dos membros como uma prática cotidiana; além de favorecer a construção simbólica de um polocrítico e reflexivo, do mundo e da própria realidade, criando com este ambiente uma forma de identidade.

O Cine Pesca, portanto, dentro do espaço da escola, inserido na comunidade se propõea ser um lugar de sociabilidade, encontro, arte e vida numa alternativa cultural para comunidade, que mesmo pertencendo ao município de Belém, tem pouco ou nenhum acesso a salas de cinema, que se restringem ao centro da cidade, além do alto custo do ingresso, que limita ou mesmo exclui totalmente essa experiência. O cineclube é ainda um lugar onde as discussões iniciadas em sala de aula podem ser desdobradas e aprofundadas de forma poética-política e lúdica, servindo de apoio pedagógico enquanto amplia o repertorio cultural, por meio de uma outra dinâmica. Os filmes podem avançar sobre várias temáticas pelas quais podemos pensar abordagens históricas, sociais, políticas e estéticas, que vão permeando a narrativa e linguagem cinematográfica.

Objetivo Geral: Ver, discutir, pensar e produzir cinema com os alunos e a comunidade do entorno da Casa Escola da Pesca de forma periódica.

Objetivos específicos: Exibir filmes semanalmente na CEPE, divulgar a exibição dos filmes por meio impresso e digital, iniciar os cineclubistas na produção audiovisual.